terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Estou muito triste...


Ola queridas, primeiro quero pedir desculpas a todas, pois não estava conseguindo tempo para visitar os blogs amigos e muito menos fazer comentários, esta semana que passou foi "Punk", e só agora 01:56 é que consegui sentar em frente ao computador pra fazer algo que não seja relacionado a trabalho...passamos eu e meu marido um nervoso muito grande, devo ter comentado em outros posts o orgulho que sinto do meu filho Luís, ele é um rapaz estudioso, estuda a parte da manhã, faz cursos, trabalha meio período com meu marido e tem as responsabilidades dele com a Igreja, ele deu aula de catequese e a um ano parou e se tornou coordenador dos coroinhas da nossa paroquia, teve também uma fase complicada em que ele queria por todo custo ir para o seminário, de tanto ele falar sobre o assunto eu e meu marido levamos ele ate o seminário e la o padre disse que não podia ficar com ele pois ele só tinha 16/17 anos, e era bom esperar ele completar 18 anos, assim ele teria tempo para pensar no que realmente ele queria, pois muitos jovens vão para o seminário não ficam nem uma semana e volta para casa, mas falou que se o Luís quisesse ele poderia ir aos finais de semana, e assim foi durante um tempo, levava-mos ele na sexta a tarde e no domingo a noite ia-mos busca-lo, mas dai ele conheceu uma garota, e acabou se afastando do seminário, o namoro infelizmente durou apenas 3 meses, o tempo passou e ele arrumou outra namoradinha que também não deu certo.
O sonho de todos os pais é ver o filho casar e dar muitos netos, não vou dizer que meu marido não interferiu, eu estaria mentindo. houve muitas discussões devido a esta vontade do Luís, meu marido não aceitava e quando o Luís parou de frequentar o seminário a alegria do meu marido foi muito grande, eu por minha vez sempre gostei da ideia, mas também pensava: "será que ele esta fazendo a escolha certa?, será que ele não esta procurando o seminário como uma válvula de escape?...Só sei que o tempo passou, meu filho fez 18 anos e achou que não precisava dar muitas satisfações, apenas iria nos "comunicar" de suas decicoes.
Ele não estava trabalhando com o mesmo empenho, estava reclamando muito e também escolhendo serviço, isso é uma coisa que tanto eu como meu marido abominamos, saber que tem algo a ser feito com uma certa urgência e a pessoa se dar o luxo de escolher o que vai fazer, acho que não é por ai, pois ele é nosso filho, mas também é nosso funcionário, ele tem o salário no fim do mês. Mas como ia dizendo. O Luís estava bastante irritado e qualquer coisa estava o tirando do serio até mesmo o Lucas, quando foi sexta feira meu marido não aguentou e chamou a atenção dele sobre a ma vontade no trabalho e ele por sua vez não aguentou e começou a discutir com o pai, dizendo que era para dar baixa na carteira dele, que ele iria para o seminário (Oi??)...Eu fiquei igual a uma louca tentando entender...Ele dizia que tinha ligado para o seminário e que eles aceitaram pois ele tem 18 anos.
Arrumou uma bolsa com roupas e foi pra casa de minha mãe, de la ele ligou para o seminário para irem busca-lo, isso tudo em 3 horas. Só que para surpresa dele ele só vai poder ir para o seminário no final de Janeiro, pois os seminaristas estão todos em ferias na casa de seus familiares, enquanto isso a mãe que vos fala estava completamente desnorteada e chorando horrores, não consegui comer e muito menos dormir, enquanto o Luís estava na casa de minha mãe, só que ai ele ligou dois dias depois para dizer que só vai no fim de Janeiro e que estava voltando pra casa...O que me deixou triste não é o fato de ele querer ir para o seminário, e sim o fato de ele ter escondido, feito tudo por debaixo dos panos, ele tinha entrado em contato com seminários de Curitiba, pois se não der certo aqui daria em outra cidade, ele estava trabalhando com má vontade para ver se meu marido tomava atitude de afasta-lo, ja que ele estava sendo o braço direito na empresa e ele próprio não tinha coragem.
Hoje estou melhor, não estou chorando mais pelos cantos, se é este o caminho que ele quer seguir. Otimo. a única coisa que tenho a fazer é pedir a Deus que o proteja e lhe de sabedoria para que ele não sofra la na frente, acho que ele teria que jogar limpo connosco, e não aprontar tudo que aprontou para causar uma discussão com o pai que também não dormiu e ficou chateado pelos cantos, vamos esperar pra ver o que acontece, ele tem até 30 de Janeiro para repensar, apesar dele estar firme e convicto do que ele quer...:(

Beijos no coração

3 comentários:

Maria José on 23 de dezembro de 2008 08:33 disse...

Minha amiga nem sei o que te diga para te animar, sei que as coisas se vão resolver e se esse é o caminho certo que o teu filho quer ele é quem sabe, mas nós ma~e sempre sofremos muito.
Pensamento positivo e tudo se vai resolver
bjs grandes

Sofia,Pedro e Joana on 23 de dezembro de 2008 19:52 disse...

Olá querida mamã, fico triste por toda esta situação que espero se resolva pelo melhor o mais rapidamente possivel...
Votos de um Natal muito feliz para vocês!
Beijinhos,Sofia,Pedro e Joana

Dany on 23 de dezembro de 2008 20:33 disse...

Minha linda, não sei realmente como te ajudar nesse momento...espero que tudo se resolva a contento de todos!
Desejo um Natal de muita paz!
Beijos

Ja Falei

 

Copyright © 2008 Green Scrapbook Diary Designed by SimplyWP | Made free by Scrapbooking Software | Bloggerized by Ipiet Notez