quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Informações nunca é demais...


Mesmo sendo mãe de quatro filhos, e tendo experiencia em algumas coisas relacionadas a bebes, adolecentes e afins kkkkk, informação nunca e demais né gentem...então que me sentindo uma péssima mãe, daquelas bem desnaturadas e mal informadas resolvi procurar na net algo que me esclarecesse o choro da minha princesa "Ana Luiza", pois estava quase tendo um infarto do miocardio (ai jesuisinho me chicoteia) e pensando nas minhas amigas blogueira do meu Brasil varonil e de Portugal tambem resolvi posta-lo.

O bebê chora, chora, e você não sabe o que fazer. Aqui vou mostrar os 10 principais motivos desse choro.

Cólica
Muito freqüente no primeiro trimestre, até pela provável imaturidade do aparelho digestivo do bebê.A intolerância de alguns recém-nascidos a certas substâncias contidas no leite de vaca pode provocar cólica. A barriguinha fica estufada e, com a dor, ele encolhe as pernas e retrai os músculos da face, ficando vermelho. Chora forte, mas pausado, com gritos agudos. Na maioria dos casos o próprio choro faz com que engula ar, ficando com gases, o que provoca mais dor.Deitá-lo de bruços ou junto ao peitp proporciona certo alívio.Assim como aquecer o abdomem com leves massagens manuais. Para evitar os gases certifique-se se o bebê arrotou após as mamadas.
Fome
Este choro é de acordar a vizinhança, já que as contrações do estômago incomodam bastante o bebê. Basta alimentá-lo que ficará quieto de novo.Do contrário, pode até parar de chorar, não porque a fome passou, mas por estar cansado. Mas, assim que recuperar as energias, volta a chorar.É aconselhável observar se a mamada está sendo suficiente para alimentá-lo. Talvez necessite de um período maior de sucção para se satisfazer, ou de intervalos menores entre as mamadas.
Fraldas molhadas
É natural que o bebê reclame desta situação. Sentir-se molhado incomoda mesmo, principalmente se já estiver com assaduras.A mamãe aprende logo a perceber o recado do filho, que vem através de um choro irritado, como um resmungo. É o típico choro de desconforto.
Otite
É uma inflamação no ouvido que pode ocorrer nos recém-nascidos. A dor forte leva a um choro geralmente contínuo e intenso.Quando vai mamar, o bebê começa a sugar e, de repente, pára, como se algo a incomodasse. Isso porque o ato de sugar faz com que a dor no ouvido piore. Nesse caso, leve-o ao pediatra de sua confiança.
Sono
Cada bebê tem hábitos próprios. Seu filho chora à noite? Talvez ele custe mais a adormecer que os outros. Muitas vezes está exausto, mas agitado, e por isso não consegue pegar no sono.Aí, a paciência entra em cena. Sente ao lado do berço, conforte-o e faça carinho. E não adianta se decepcionar caso ele acorde pouco depois de ter dormido. Tente tranqüilizar o bebê antes de ceder à tentação de tirá-lo do berço, para que não desperte de vez.
Azia
Por mais estranho que pareça, alguns bebês também pode sofrer desse desconforto. Especialmente os prematuros, já que o mecanismo de fechamento do estômago ainda não funciona adequadamente.O sintoma mais evidente é tido pelos pais como manha: ao deitar, após as mamadas, o bebê se torna inquieto e chora, como que pedindo para levantar. Na verdade, o desejo de ficar no colo nessa hora tem explicação: quando está na vertical, ele se sente bem melhor.
Dificuldade de urinar
Diversas doenças atingem o aparelho urinário, impedindo que o bebê faça xixi normalmente. Por isso, chora e só pára quando consegue urinar, sentindo-se aliviado.Não é difícil notar que isto está acontecendo. Basta observar se a urina está saindo gota a gota, ao invés do jato tradicional. A própria expressão do bebê ao tentar fazer xixi também é indicativa. Conversando com o pediatra, a mãe poderá saber a orientação adequada de como ajudar.
Frio ou calor em excesso
É fácil perceber quando o bebê sente frio, mesmo antes que comece a chorar. Assim como os adultos, ele fica com as mãos e pés gelados e arroxeados.A maior dificuldade, no entanto, é convencer a mãe inexperiente de que o bebê também sente calor. Receosa de que pegue friagem, acaba cobrindo-o de agasalhos, o que o deixa bastante desconfortável.Para não cometer excessos, lembre-se que o ideal é deixar seu bebê numa temperatura amena, arejada, mas longe de correntes fortes de ar.
Incompreensão
Algumas vezes, os pais encontram dificuldade em descobrir o que o bebê deseja na realidade. Inseguros, acabam alimentando-o ao menor sinal de desagrado, embora ele não esteja com fome. Ou o colocam no berço para dormir enquanto ainda está espertinho.Quando acordado, o pequeno gosta de participar do que acontece à sua volta.
Ambiente pesado
De acordo com estudos recentes, a incidência do choro predomina entre as seis horas da tarde e dez da noite.Neste período, todos que estavam fora voltam para casa, criando uma agitação no ambiente. A mãe, que passou o dia inteiro cuidando do bebê, já está cansada.Essa intranqüilidade se reflete diretamente no humor do bebê, tornando-o tenso e excitado. Uma maneira de amenizar a tensão dele é procurando relaxar, conversando num tom de voz suave. Isso lhe devolverá o clima de sossego e fará com que se acalme.

Fonte: A vida do Bebe

PS : Espero que tenham gostado...O choro da Ana Luiza...era tão puro e simplesmente manha e mais manha, pois a garotinha esta super mal acostumada no colo e é só onde ela dorme (midepila)

Beijos no coração

5 comentários:

Mara on 6 de novembro de 2008 06:57 disse...

Olá Edneia!
Desculpa ter demorado a visitar o teu cantinho, mas o tempo não tem sido muito. E é claro que me podes linkar, eu já me adicionei aos teus seguidores, espero que não te importes.
Beijinhos grandes

Anônimo disse...

Olá querida mamã, texto muito útil, adorei!
Mil beijinhos gordinhos, Sofia,Pedro e Joana

Dany on 6 de novembro de 2008 10:10 disse...

Oi Ednéia...
texto ótimo!
quanto a sua pergunta lá no blog, deve ser o seguinte:vc é minha seguidora, aliás a primeira, en´~ao deve aparecer na tua tela, por que eu não visualizo a o~ção de parar de me seguir...deve ser isso...será?
bj
Dany

mafaldinha on 6 de novembro de 2008 10:21 disse...

Este post e muito util para mim,pois c um bebe de 7 semanas11!!!!E sempre bom saber as causas do xoro
muitas jokinha nossas para vces

Maria José on 6 de novembro de 2008 12:22 disse...

que informação útil, adorei o texto.
Para mim é muito importante porque a Sofia acorda a chorar muitas vezes de noite
bjs

Ja Falei

 

Copyright © 2008 Green Scrapbook Diary Designed by SimplyWP | Made free by Scrapbooking Software | Bloggerized by Ipiet Notez