quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Ana Luiza engasgou...


Acabei de passar por um susto imenso, meu coração disparou parecia bater a mais de 200, a Ana Luiza estava no chão brincando e eu estava usando o Gerenciador financeiro, quando derrepente ela começou a fazer ansia de vomito, peguei ela rapidamente no colo e a coloquei de barriga para baixo, enfiei o dedo na boca dela e consegui tirar "um pedacinho de plástico duro", pois ela brincando bateu com muita força o brinquedo no chão e quebrou uma pontinha, ela aproveitou para saber que gosto tinha e quase me mata do coração.
Passado uma hora, a Ana Luiza estava na garagem com meu marido, ele procurando algo pra fazer que ainda não pode esforçar demais a perna e novamente escuto a Ana Luiza tentando tossir e com ansia de vomito, corri imediatamente, meu marido coitado levantou no impulso pra correr e acabou machucando ainda mais o joelho, ele pegou a Aninha colocou de bruços e começou a bater nas costas dela e eis que sai um "Pedacinho de Arame", que não sei de onde veio, fiquei com as pernas moles, tremia igual a vara verde.
Meu marido teve que se deitar, pois na hora do susto ele nem lembrou da perna, e acabou forçando a cirurgia, a Ana Luiza não pode olhar para o pai que chora, por causa das pancadinhas que o pai deu na sua costinha, e nos vamos ter que redobrar os cuidados com ela, a Ana Luiza tudo que coloca na boca, coisa que os meninos nunca fez, pode parecer mentira mas essa é a primeira vez que acontece de um filho meu engasgar, a menininha é terrível. e esse susto não quero passar nunca mais. "Os anjinhos da guarda devem ficar malucos cuidando da Aninha" hehehe.

PRIMEIROS SOCORROS

Saiba como agir se a criança engasgar Balas, remédios, pequenos objetos ou até mesmo a comida podem provocar engasgo em crianças ou adultos.



Crianças pequenas adoram colocar objetos na boca. Fique atenta, pois um pedacinho de comida, uma cápsula de remédio, um objeto pequeno ou até mesmo uma bala podem ficar entalados em suas vias aéreas. A criança engasgará e poderá ficar sufocada. Em casos mais graves, a criança fica impossibilitada de respirar, o que pode ser fatal se não for socorrida imediatamente.
O engasgo acontece quando um corpo estranho ameaça entrar na traquéia, ou seja, na passagem usada para a entrada de ar nos pulmões. Seu caminho natural deveria ser o esôfago e depois o estômago.
Veja como agir em casos de engasgo: Bebês com menos de 1 ano
Deite o bebê de bruços em seu antebraço, apoiando o tórax e a cabeça do bebê em sua mão, mantendo-a mais baixa que o corpo. Com a palma da outra mão, dê várias pancadinhas firmes em suas costas. Seja extremamente cuidadosa ao tentar remover qualquer coisa da boca de um bebê para não empurrá-la ainda mais para dentro da garganta. Só coloque o dedo em sua boca se estiver vendo o objeto.
Crianças de 1 a 8 anos
Peça para a criança tossir para remover o corpo estranho. Se não adiantar, sente-se e deite a criança de bruços em seu colo. Usando a palma da mão, dê pancadas secas em suas costas, na área entre as clavículas. Cuidado para não usar força demais, cada palmada deve ser dada com energia suficiente para remover a obstrução das vias aéreas.
Crianças com mais de 9 anos
Coloque seus braços ao redor da criança em pé, de costas para você, pressionando sua mão fechada contra a cintura dela. Com a outra mão, empurre com força sua mão fechada para dentro e para cima do tórax. A força do puxão deve partir de seus cotovelos. Dessa maneira você estará comprimindo a parte de cima do abdômen contra a parte de baixo dos pulmões para expulsar o ar restante que existe dentro deles, forçando a saída do objeto obstrutor. Verifique a boca da criança e, se o objeto for expelido, remova-o.


Texto retirado do site "Alobebe"

Beijos e Paz

8 comentários:

Adriana on 28 de outubro de 2009 14:47 disse...

nossa....imagino o susto. A Giulia nunca foi de colocar coisas na boca, mas estou semrpe em cima dela...morro de medo dela engasgar e eu não saber o que fazer :(

beijinhos pra vcs!

Dri

Kicha on 28 de outubro de 2009 15:48 disse...

Vixe! AINDA BEM QUE O PAIZÃO AGIU RÁPIDO E FEZ DIREITINHO ...AGORA O JOELHO TADINHO !

Juliana on 28 de outubro de 2009 16:55 disse...

Aiiii....que sufoco!!!!Lembrei da Clara que engasgou também uma vez e quase morro...Na hora fiz o procedimento calmamente, mas depois do susto meu corpo quase cai de tanto nervosismo...
Grças a Deus você agiu rápido e o pai também!!
Aninha minha Flor!!Nem tudo é gostoso!!srsrsrs
Beijocassssssss
Ju e CLara

Mamãe Nathi on 28 de outubro de 2009 17:37 disse...

Que susto!!!
Minha Aninha outro dia engasgou com um pedaço de pizza e eu quase morri de susto. Graças a Deus estávamos eu, minha irmã, meu cunhado e o marido. Entre nós eu sou a única leiga, os três são enfermeiros. Ainda bem, né?! Mas obrigada pela dica!!!
Bjs***

Milka on 28 de outubro de 2009 20:02 disse...

Aff que susto heim amiga...eu não saberia como agir, obrigada pelas dicas!
bjus

Bia on 28 de outubro de 2009 20:41 disse...

Ai, eu passei um susto desse quando o Nicolas tinha 1 mês por causa do refluxo.. horrível!

Ele tb tem mania de colocar tudo na boca, tudo mesmo. Mas nunca engasgou com nada, ainda bem.

Que bom q foi só o susto e a Aninha tá ótima agora.

Beijoo

pedradababy on 28 de outubro de 2009 23:29 disse...

Amiga... que pesadelo. Isso já aconteceu comigo e com a minha Lu quando estavamos em Itália e eu fui trocar a fralda dela. A Lu tinha uma fivela de sapato pequenina na mão e eu não me apercebi. Quando vi, ela estava a engasgar-se toda e eu virei-a de repente e além das palmadas, coloquei a mão na boca dela (que já li no teu post que é errado porque pode empurrar mais para dentro) e ela fartou-se de vomitar o leite que tinha acabado de beber e- graças a Deus, a fivela. Fiquei doida e doente, imagina num país estranho sem saber o que fazer no pior caso.
Graças a Deus que voçês deram a volta. Elas estão mesmo na fase de levar tudo à boca e, mesmo com olhos bem abertos, eles fazem coisas rápidamente sem serem vistos.
Beijoooooooooooo

Eliane on 29 de outubro de 2009 00:53 disse...

Menina, faço idéia do tamanho do susto que você passou! O problema é que nossos pequetitos são ágeis demais e fazem tudo numa velocidade incrível e mesmo com toda a atenção focada neles, as coisas fogem do nosso controle! Temos que contar com os anjos da guarda para nos ajudar!
Um grande beijo,
Eliane e André

Ja Falei

 

Copyright © 2008 Green Scrapbook Diary Designed by SimplyWP | Made free by Scrapbooking Software | Bloggerized by Ipiet Notez